sexta-feira, 17 de agosto de 2012

24 anos sem Ramón Valdés nosso eterno Seu Madruga



    Don Ramón (no Brasil: Seu Madruga ou ainda Seu Ramón) é um personagem do seriado de televisão humorístico mexicano Chaves.
Interpretado por Ramón Valdés, seu sucesso permanece até hoje na televisão brasileira, mais especificamente no SBT.
   Na trama, o personagem tem como filha uma garotinha chamada Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves), cuja mãe morreu no seu nascimento. Madruga é sempre injustamente castigado com bofetadas no rosto pela vizinha Dona Florinda (Florinda Meza). Vive fugindo das cobranças de 14 meses de aluguel, feitas pelo Senhor Barriga (Edgar Vivar), dono da vila. Sempre repreende o protagonista, Chaves, por suas travessuras, com cascudos na sua cabeça, porém, não o odeia. Apesar de frequentemente estar de mau humor, é um homem de bom coração, que ama a todos na vila, especialmente as crianças.
Ramón Valdés faleceu em 9 de agosto de 1988, devido a um câncer de pulmão que se espalhou pelo corpo e atingiu a sua espinha, e deixa saudades até os dias de hoje. Ainda hoje, o personagem Seu Madruga é cultuado e possui diversas páginas, blogs e comunidades nos sites de relacionamentos Orkut, Facebook, dentre outras tantas, em sua homenagem.

  Seu Madruga é tido na faixa dos 50 anos de idade (sua idade é provavelmente estimada entre 45 e 50 anos; uma vez que ele afirmou ter 50 em um episódio, porém, em outro, afirma que “ninguém é velho aos 40 e tantos anos” ao falar de si próprio, deixando claro que ainda não atingiu os 50). É um homem maduro, porém um tanto preguiçoso e desleixado com sua vida e suas responsabilidades. Vive arranjando bicos para conseguir dinheiro (chegou a ser dito que ele nunca concluiu o colégio), mesmo com a fama de não gostar de trabalhar. Exerceu diversas atividades, incluindo cabeleireiro, carpinteiro, carregador de lenha, empresário, fotógrafo, agente especializado em compra e venda de artigos para o lar, leiteiro, lutador de boxe, mestre de obras, sapateiro, vendedor de confetes, vendedor de balões e vendedor de churros.
    Seu Madruga é visto como um homem bruto e selvagem (como dito pelo seu crítico, Professor Girafales), que perde a paciência com muita facilidade, inclusive com as crianças e especialmente com Chaves. Apesar disso, é um homem que tem muita fé na vida, que tenta manter o bom humor, apesar das más situações que o cercam. Demonstra ter um bom coração e boas intenções, que são notadas por todos ao seu redor.
    Mora no apartamento nº 72, com a filha Chiquinha, e deve 14 meses atrasados de aluguel ao proprietário da vila, Senhor Barriga, sempre inventando desculpas para não pagar o aluguel. Às vezes, perde a paciência com as crianças e aplica cascudos em Chaves e beliscões em Quico. Neste caso, sempre que é flagrado por Dona Florinda, leva uma bofetada dela no rosto. Às vezes, ele é acusado por ela, mesmo sem ter feito nada ao garoto.
     Sua vizinha, Dona Clotilde, conhecida como Bruxa do 71, é apaixonada por ele e, para agradá-lo, costuma fazer bolos e salgadinhos para ele. Normalmente, as guloseimas são visadas e roubadas pelas crianças da vila.
    Apesar de na maioria dos episódios o Seu Madruga inventar desculpas para não pagar o aluguel, ele já pagou o aluguel em certos episódios.

  Vídeo da ultima participação de Ramón Valdéz no Seriado Chaves no clipe Que bonita Vizinhança de 1982 !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário